O que devo saber antes de comprar

INDICADORES

Pontos de Carregamento

> 3 100

Pontos de Carregamento

Portugal (Continental + Ilhas)

Veículos Vendidos - 2021

26 266

Veículos Vendidos - 2021

Elétricos + Plugin

Tarifários

8

Tarifários

Mobilidade Elétrica

AS TRÊS DICAS DO POUPA ENERGIA

1.Identifique os seus trajetos.

Costuma fazer grandes viagens em autoestrada ou pretende um veiculo para viagens mais citadinas?

  • Se as suas viagens forem na sua maioria citadinas a escolha certa será um carro 100% elétrico.
  • Se as suas viagens forem na sua maioria autoestrada e não pode esperar por carregamentos nas viagens, então a escolha certa será um carro híbrido plug-in com autonomia superior a 50km.

2. Onde carregar?

Sempre que possível carregue o carro na sua habitação. Num posto de carregamento público saiba que para além do custo do kWh irá também pagar pelo tempo de carregamento.

3. Custo de manutenção

Os carros elétricos têm uma manutenção baixa comparada com os carros a combustão.

Quando fizer as contas de quanto pode poupar, não se esqueça de incluir este custo por ser mais reduzido. No entanto, é de referir que na maioria das vezes o custo por hora da mão de obra em manutenção é superior ao valor de um carro a combustão.

carregamento eficiente

informação útil

em casa

Livre de qualquer encargo.

Num condomínio

Poderá ter de pedir autorização.

num posto público

Paga pelo kWh e tempo.

Em casa

  1. É possível efetuar o carregamento do carro elétrico através de uma tomada convencional, desde que a corrente não ultrapasse os 16A. (lembre-se que a tomada deve ter sempre ligação à terra).
  2. Valide se a potência contratada permite o carregamento do carro elétrico mais o uso de eletrodomésticos nas horas em que está em casa. Se a atual potência contratada não permitir, fale com o seu comercializador de energia elétrica para identificar a potência contratada mais adequada às suas necessidades.
  3. Se pretende carregamentos mais rápidos, contrate uma empresa para efetuar a instalação de uma wallbox (a instalação deste equipamento pode não fazer sentido para carros híbridos plug-in).
  4. Sempre que possível, carregue nas horas em que o custo da energia elétrica é mais baixo. Muda já para um tarifário que inclua mobilidade, aqui.

num condomínio

  1. Se tem uma tomada elétrica associada a um contador de energia elétrica no seu lugar de estacionamento, poderá efetuar o carregamento do seu carro elétrico sem pedir autorização ao condomínio (o contador terá de estar em seu nome ou a tomada ligada ao quadro elétrico da sua habitação. Tenha em atenção que a corrente de uma tomada normal é, 16A máximo e com ligação terra).
  2. Se a tomada elétrica existente na garagem é para uso comum, então tem de pedir autorização à administração do condomínio para utilizar a mesma para carregamento do carro elétrico. Saiba junto da administração do condomínio como pode efetuar o pagamento do consumo de energia elétrica quando utilizar a mesma.
  3. Na ausência de uma tomada elétrica na sua box, consulte uma empresa especializada para saber se é possível efetuar uma ligação elétrica direta do quadro elétrico da sua habitação. Se não for possível, saiba que já existem no mercado soluções que permitem ligar ao quadro comum do condomínio um equipamento que contabilize o consumo de energia elétrica na tomada por utilizador (neste caso cada utilizador terá uma área reservada).

num posto público

  1. Se não tem garagem ou box na sua habitação então a única solução para efetuar o carregamento do carro elétrico é através de um posto de carregamento elétrico público.
  2. Saiba que existem diferentes postos de carregamento público, permitindo ou não efetuar o carregamento do seu carro num menor ou maior espaço de tempo. Consulte aqui os postos de carregamento públicos. É de referir que os carros híbridos plug-in podem ter limitações devido à corrente a que podem ser carregados. Normalmente quando a corrente é superior à permitida, irá acender uma luz de cor vermelha na tomada do seu carro.
  3. O carregamento num posto público varia de operador para operador (conforme o combustível), no entanto, a qualidade da energia é sempre a mesma. Para utilizar um posto público tem de efetuar pelo menos um contrato com um Comercializador de Eletricidade para a Mobilidade Elétrica (CEME). Para saber mais sobre os preços praticados saiba que em casa o custo do kWh pode custar 0,17 € e num posto de carregamento público pode custar 0,50€ (uma diferença de 340%).

Vantagens da Mobilidade Elétrica

UMA MOBILIDADE LIMPA COM MENOS RUIDO

Manutenção

Revisões estimadas de 50 em 50 mil quilómetros (verifique com o fabricante) e maior duração dos pneus.

beneficios fiscais

Isenção do Imposto sobre Veículos (ISV) e do Imposto único de Circulação (IUC) para veículos 100% elétricos (BEV) e redução de ISV para 25% para híbridos plug-in (PHEV).

emissões zero

Sem emissão de gases com efeito de estufa durante a sua utilização contribuindo para a sustentabilidade dos recursos.

Comercializadores

Lista de todos os comercializadores de eletricidade e gás natural licenciados pela DGEG
e que dispõem de tarifários para clientes domésticos

Faça já a sua simulação